5 dicas para tirar melhor proveito de uma conferência

por: Rodrigo Muniz   November 30, 2015 08:00 em Events

Keynotes do ISA 2015 começando

Nosso time de Design acabou de voltar de Córdoba, na Argentina, onde participamos do ISA 2015. Foram 4 dias de atividades, muito conteúdo, palestras, novos contatos e bate-papo com profissionais de User Experience e Design. No meio destes colegas era possível identificar vários perfis de comportamento, desde os mais introspectivos até aqueles mais confortáveis com as pessoas. Decidimos então criar uma pequena coleção de dicas, que testamos por lá, para tirar o máximo de proveito em eventos:

1. Foque em conhecer pessoas

Você pode estar muito empolgado para assistir às palestras dos seus ídolos e participar dos workshops com aquele conteúdo dos sonhos, mas focar em conhecer pessoas deve ser a sua prioridade. É em eventos que você tem a rara oportunidade de fazer contato direto tanto com o lado profissional quanto com o lado pessoal de colegas da sua área, e isto é muito valioso.

No coffee break e entre uma palestra e outra, resista à vontade de ficar com a cara no celular—isto afasta (muito) as pessoas. Já se você for do tipo introvertido, pense que todos ali estão com o mesmo objetivo: fazer contatos. Um “oi, o que está achando do evento?” não vai destruir sua vida social para sempre. Você só precisa de 10 segundos de coragem para descobrir como todos ali estão totalmente abertos a conhecer novas pessoas. Deixe para ser tímido em casa.

2. Ao conversar com as pessoas, faça perguntas e preste atenção nas respostas

Intervalo entre palestras

Parece óbvio, mas não é. Quer parecer alguém interessante? Mostre interesse! Escute de verdade o que as pessoas tem a dizer. Muitas vezes, no primeiro contato, tudo o que queremos fazer é sair falando e contando todas as histórias da nossa vida achando que a pessoa precisa disso para te conhecer. Não é bem assim.

Faça o exercício de fazer perguntas. Tenha curiosidade sobre a visão das pessoas sobre os assuntos explorados nas palestras. Pergunte como é o trabalho que aquela pessoa faz, sobre lições que ela aprendeu com projetos que deram errado. E não tenha medo do porquê, ele é seu amigo. Nunca aceite uma resposta curta. Pergunte “por que?” e “como?”. Fazer perguntas é mais fácil do que você imagina e ouvir de verdade vai te tornar uma pessoa memorável. Não esqueça de perguntar se a pessoa vai para algum bar depois do evento. 🙂

3. Crie seu sistema para lembrar das pessoas e depois ser lembrado por elas

Você vai conversar sobre vários assuntos com várias pessoas, e seu cérebro não é o melhor na hora de lembrar (dias depois) de quem foi que te deu aquela super dica de ferramenta que mudou a sua vida. Anote palavras-chave nos cartões de visita que você receber, ou num caderno de anotações do lado do nome e contato da pessoa. Depois do evento você vai querer entrar em contato com elas. Tocar em assuntos que vocês abordaram vai ajudá-la a te transformar num personagem relevante para ela. (Veja dica 5).

4. Pague uma cerveja, drink ou almoço para alguém

OK, se a grana está apertada, você pode pular esta dica. Caso tente, muito cuidado para não parecer “o exibido”. Escolha bem a pessoa antes de fazer isso. O simples ato de pagar uma cerveja para alguém que você está conhecendo vai estreitar ainda mais os laços no tempo limitado do evento. Você não precisa pagar bebida para todo mundo. Observe quem é mais legal e está com as mãos vazias, pegue duas cervejas no balcão e entregue uma à pessoa. Aproveite para brindar. O papo provavelmente vai fluir bem melhor e você ainda corre o ótimo risco de ser levado, pela pessoa, para um grupo tão legal quanto ela. Pequenos atos de gentileza são quase mágicos para fortalecer o contato com recém-conhecidos.

5. Faça um follow up relevante depois do evento

Não caia na armadilha de enviar um email cheio de links com seus trabalho, blog e twitter. O grande segredo é também escrever sobre aquilo que você conversou com a pessoa (lembra da dica 3?). Lembrar dos assuntos que vocês discutiram vai dar outra vida ao email ou mensagem que seria totalmente impessoal e quase robôtico. Outra coisa importante é não deixar para entrar em contato com as pessoas semanas depois do final do evento. Aproveite a tração e entre em contato no máximo três dias depois do final do evento.

Nossa equipe no ISA antes de sair para almoçar

Esperamos que estas dicas ajudem a transformar um pouco as suas experiências em eventos. Por falar nisso, em maio de 2016 tem VTEX Day para você aplicar essas dicas. Já se inscreveu? 😉

Alguns links:

  • Mariana Camardelli

    super adorei as dicas 😀

    • http://muniz.nu/ Rodrigo Muniz

      para nós é um grande elogio vindo de uma super especialista em eventos hahaha 😉

  • belux

    eu sou testico da dica 4! obrigada VTEX! <3
    excelentes dicas, y gran prazer poder compartilhar experiencias com voces!

    • http://muniz.nu/ Rodrigo Muniz

      Gracias, chica! :)))